Material para Rails em português

Estou aprendendo Rails, e uma das dificuldades é achar material em português.
Apesar de entender bem inglês, geralmente eu gosto de ler material produzido localmente, ou com foco no povo das terrinhas daqui, até por preguiça de vez em quando, mas também porque a quantidade de material pode ser tomado até como um indicador de mercado e de aceitação da tecnologia.
Até é possível achar material em quantidades razoáveis, mas a maioria é terrivelmente desatualizado, e numa plataforma com a evolução que o Rails tem tido nos últimos anos, estudar por material desatualizado só leva à dor de cabeça, tanto por problemas ao tentar reproduzir os exercícios em versões mais recentes do framework, quanto porque muitas práticas já são obsoletas.
Continue lendo

Anúncios

Dica – Notebooks com bom desempenho e baixo valor

Aviso: isso não é um publieditorial, só achei interessante por ser um ótimo valor e uma marca relativamente pouco conhecida.

Recentemente estive buscando por notebooks, cheguei a cogitar pegar algo na faixa de 1500 a 1800, mas como penso em desenvolver pra plataformas móveis e quero efetivamente substituir meu desktop, inclusive no tocante a jogos, definitivamente algo nessa categoria não iria me satisfazer.
Procurando bastante, achei o que parecia a solução perfeita: Samsung RF-411, uma ótima configuração (considerando-se a marca conhecida), mas pesquisando um pouco melhor, descobri que ele é fortemente afetado pelo bug que afetou alguns chipsets Intel, então não achei que valesse a pena pegar, não achei exatamente simpático da parte da Samsung manter um note afetado por um bug conhecido e insolucionável sem sequer avisar os consumidores.
Desisti de achar alternativas abaixo de 2500 com capacidade perto do que eu buscava, então recorri à sabedoria coletiva dos fóruns, e lá achei algo BEM como eu queria: os notebooks Avell.

Continue lendo

Kyros – Rootando e instalando o Market

Acho que essa é uma dica bem interessante pra quem acaba de comprar o Kyros, então nada melhor que deixar ela mais acessível a todos.
Pra instalar o market é necessário acessar o sistema além do gerenciador básico de aplicativos, então vamos precisar usar alguns recursos de linux, mas nada difícil, são apenas alguns comandos fáceis.

Preparação:
Baixe e coloque na raiz do cartão microSD os seguintes arquivos:

Coloque o cartão no Kyros e, pelo próprio dispositivo, vá até o site da LYSESOFT, instale a versão mais recente do AndExplorer entrando no site, baixando e executando o apk disponibilizado lá mesmo.
Instale o software “Terminal Emulator”, disponível na AppsLib disponibilizada pelo Kyros.
Continue lendo

Mini review – Positivo Alfa

Então…
Já que fiz um review do Kyros, por que não fazer um também desse Alfa que tive em mãos hoje?

Positivo Alfa

Meus avós modernosos resolveram diminuir as pilhas de livros carregadas entre o apartamento na cidade e a casa de praia onde eles costumam ficar, então após um bom tempo de interesse e alguma pesquisa, resolveram (com base nas opções no mercado nacional) investir um Alfa. Vamos ver se vale a pena esse brinquedo…
Continue lendo

Coby Kyros MID7015

Tinha pensado em postar algo relacionado a ele ontem mesmo, mas fiquei brincando e quando vi era mais de 1 da manhã, então acabei indo dormir.
Basicamente esse foi o aparelho que decidi comprar pra fazer as vezes de e-reader, já que não arranjei quem me trouxesse um Kindle ou Nook e sou imediatista demais. É um tablet simples, sem grandes capacidades inesperadas, mas com algumas surpresas bastante agradáveis, até.
Estive pensando em pegar algo entre um Kindle e um iPad por muito tempo. No fim, foi exatamente isso que peguei, algo entre os extremos. Achei nessas 24h de uso o Kyros um aparelho bem balanceado, sem grandes atributos, mas decente para ler ou mesmo pra quem quer um tablet pra jogos básicos como Angry Birds.

Continue lendo

Python vs. Ruby

Recentemente me peguei mais uma vez na eterna dúvida entre Python e Ruby, agora motivado por forças externas.
Minha namorada cogitou a hipótese de começar a programar por questões acadêmicas e passei um tempo refletindo sobre qual seria a melhor forma de começar.
Claro que eu poderia largar o “Java: Como Programar” na mão dela e deixar ela quebrar a cabeça, mas eu me odiaria por forçar ela a esse sofrimento gratuito, afinal, ninguém merece Java…
Poderia também largar ela no Visual Studio, C# não é difícil, tudo é muito bem organizado no .NET e documentação sobra, poderia ser uma boa solução, mas… mas eu estava ainda pensando como alguém que já programa há algum tempo.
Quando tentei assumir a perspectiva de alguém sem contato com programação, sobraram essas duas alternativas, que considero as mais interessantes pra alguém iniciante, daí comecei a pesar os prós e contras de cada.
Continue lendo

Rails For Zombies – Aprendendo RoR de uma forma divertida

Tem noções de Ruby?
Quer aprender Rails?
Não tem saco pra fazer os mesmos exercícios de sempre, lendo de um livro e torcendo pro ambiente estar de acordo com a necessidade, ter que verificar versão de tudo, e todo o resto para dar tudo certo?
Então este é o curso mais adequado para você!
RailsZombie
Continue lendo